Nasa: descoberta galáxia mais distante do Universo

13 de fevereiro de 2008 • 04h20 • atualizado às 07h43
Imagem obtida pelo Hubble mostra uma das mais jovens e brilhantes galáxias já observadas Foto: Nasa/Divulgação
Imagem obtida pelo Hubble mostra uma das mais jovens e brilhantes galáxias já observadas
13 de fevereiro de 2008
Foto: Nasa/Divulgação

Astrônomos americanos descobriram através dos telescópios espaciais da Nasa Hubble e Spitzer o que pode ser uma das galáxias mais distantes já vistas e cuja formação ocorreu há mais de 12,8 bilhões de anos, informaram hoje os pesquisadores.

» Veja a foto ampliada
» Telescópio mostra "berço" de estrelas
» Via Láctea: mapa tem 200 mi de estrelas
» Sonda capta imagens noturnas da Terra

Acredita-se que a galáxia, denominada A1689-zD1, foi formada 700 milhões de anos depois do nascimento do Universo.

As imagens mostram a galáxia mais jovem e brilhante conhecida até agora em um momento de transformação na "idade escura", pouco depois do Big Bang, mas antes que se formassem as primeiras estrelas.

As atuais teorias indicam que a "idade escura" começou cerca de 400 mil anos depois do Big Bang".

"Ficamos surpreendidos quando descobrimos essa jovem e brilhante galáxia que se remonta a 12,8 bilhões de anos. São as imagens mais detalhadas de um objeto tão distante tiradas até agora", indicou o astrônomo Garth Illingworth, da Universidade da Califórnia e membro da equipe de pesquisadores.

As imagens servirão para estudar os anos de formação do nascimento das galáxias e sua evolução.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »