Informações sobre o planeta anão Plutão

24 de agosto de 2006 • 14h16 • atualizado às 21h14

Redação Central, 24 de agosto (EFE).- A União Astronômica Internacional (UAI) modificou hoje a classificação de Plutão durante a 26ª assembléia geral da organização, em Praga, o corpo celeste deixou de ser um planeta de primeira categoria do Sistema Solar e passou a ser um planeta anão.

Após esta decisão, adotada por unanimidade, o número de planetas no Sistema Solar diminuiu de nove para oito.

O planeta anão Plutão é o menor e mais distante do Sistema Solar.

Seu tamanho é equivalente a dois terços de nossa Lua, mas provavelmente é o maior dos corpos que compõem o cinturão de Kuiper.

Data de descoberta: 1930.

Distância média do Sol: 5.906.376.200 quilômetros.

Diâmetro equatorial: 2.390 quilômetros.

Velocidade de escape (é a velocidade necessária para que um corpo escape da atração gravitacional do sistema em que está e entre em órbita): 1,200 m/s.

Massa: 1.29 x 1022 kg.

Densidade: 1.10 g/cm3.

Gravidade superficial: 0.60 m/s2.

Temperatura média: - 215.35ºC.

Rotação: Demora seis dias, sete horas e doze minutos terrestres para girar sobre si mesmo.

Translação: Aproximadamente 247 anos, cinco meses e cinco dias.

Composição: Sua atmosfera é composta principalmente por nitrogênio, metano e monóxido de carbono. Acredita-se que seu interior seja formado por carbono, nitrogênio, hidrogênio, metano e monóxido de carbono e sua superfície, por metano congelado.

Satélites: Três - Caronte e os recentemente descobertos, P1 e P2.

EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »