0

Homem invade palco e discute com cientista sobre Climategate

11 dez 2009
09h58
atualizado às 10h53

O professor Stephen Schneider, renomado cientista climático vencedor do Prêmio Nobel e amigo do ex-vice-presidente americano Al Gore, foi atacado verbalmente nesta sexta-feira durante entrevista à imprensa na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que ocorre em Copenhague, na Dinamarca. O cientista, defensor declarado da legislação sobre o clima, estava anunciando seu mais recente livro "Ciência como um esporte de contato: Dentro da batalha para salvar o clima da Terra", quando um homem não identificado invadiu o palco e começou a interrogá-lo Schneider energicamente.

Climate Go Green INFO 5
Climate Go Green INFO 5
Foto: Reuters

O homem ficou indignado após o cientista abordar o polêmico vazamento de e-mails da prestigiada Unidade de Pesquisa sobre o Clima (CRU) da universidade britânica de East Anglia, que ficou conhecido como "Climategate". Ele gritou repetidamente para Schneider: "Você aprova a exclusão de dados, Dr. Schneider? Você aprova a exclusão de dados?". Depois disso, o homem acusou o professor de tentativa de censurar a imprensa.

Visivelmente trêmulo após a discussão, o professor Schneider disse várias vezes que o "homem realmente não havia concordado com a exclusão de dados".

Climategate
Os e-mails envolvidos na polêmica são de um dos principais centros de pesquisa climática do mundo e supostamente demostrariam que a comunidade científica alterou dados para exagerar o efeito humano sobre as mudanças climáticas. Algumas das milhares de mensagens expressavam frustração com a incapacidade dos cientistas de explicar o que descreviam como uma desaceleração temporária no aquecimento e discutiam maneiras de combater as campanhas dos negacionistas do aquecimento global.

COP-15
A Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, de 7 a 18 de dezembro, que abrange 192 países, vai se reunir em Copenhague, na Dinamarca, para a 15ª Conferência das Partes sobre o Clima, a COP-15. O objetivo é traçar um acordo global para definir o que será feito para reduzir as emissões de gases de efeito estufa após 2012, quando termina o primeiro período de compromisso do Protocolo de Kyoto.

Com informações do The Huffington Post

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade