0

Países apressam preparativos para o "fim do mundo"

20 dez 2012
16h14
  • separator
  • comentários

Apesar de todos os desmentidos da Nasa, a agência espacial americana, e dos próprios maias, pessoas em muitos países estão se preparando para o "fim do mundo". Segundo interpretações da "profecia maia", o apocalipse está previsto para ocorrer nesta sexta-feira, dia 21 de dezembro.

Acesso à montanha de Bugarach, na França, foi fechado
Acesso à montanha de Bugarach, na França, foi fechado
Foto: BBCBrasil.com

A ideia de que uma hecatombe mundial de grandes proporções se abateria sobre a raça humana na entrada do equinócio de inverno, que ocorre na mesma data, vem sendo alimentada há, pelo menos, quatro décadas.

Com a aproximação da data, muitas pessoas em países como Índia, Austrália e China, entre outros, começaram a se preparar para o pior, arrumando suprimentos e abrigos. Outros preferem organizar cerimônias e até grandes festas para ter uma última noite de diversão antes do apocalipse.

Entre os que lucram com a data, estão empresas de turismo do México, Belize, Guatemala, Honduras e El Salvador, que vendem pacotes e promoções com o lema "O Fim do Mundo Como Conhecemos".

Nos antigos sítios arqueológicos da civilização maia , a sexta-feira será um dia de muitos rituais, conferências e espetáculos. Mesmo com as queixas de muitos grupos indígenas, que afirmam que suas culturas estão sendo banalizadas.

O governo mexicano também está aproveitando a profecia e há meses lançou uma campanha na Europa e nos Estados Unidos chamada de Mundo Maia. No Brasil, em lugares como Alto Paraíso, em Goiás, os moradores preparam cerimônias para esta sexta-feira.

Montanha e bunkers
No vilarejo de Bugarach, na França , a montanha do local teve seu acesso fechado. Existe uma crença de que, quando o calendário maia se encerrar nesta sexta-feira, a montanha vai se abrir, alienígenas vão aparecer e os humanos que estiverem por perto poderão ser levados por uma espaçonave.

Prevendo o aumento do movimento na cidade de cerca de 200 habitantes, centenas de policiais foram enviados para reforçar a segurança. Os moradores receberam passes especiais para transitar pelo vilarejo.

Na Rússia, um abrigo a 56 metros de profundidade, o Bunker 42, está promovendo uma festa que deve durar dois dias. O local tem espaço para 300 pessoas, mas o preço do ingresso é caro: US$ 1 mil por pessoa (mais de R$ 2 mil).

Na Turquia, no vilarejo de Sirìnche, os moradores estão promovendo um novo vinho local, que traz o número 2012 no rótulo. É um vinho tinto e seco com teor alcoólico mais alto, feito especialmente para esta sexta-feira.

Prisões e esferas
A polícia na China prendeu membros de um culto apocalíptico acusado de espalhar boatos sobre o fim do mundo. Segundo a imprensa estatal do país, quase mil integrantes do grupo cristão Deus Todo Poderoso foram presos. A seita prevê que, a partir desta sexta-feira, vão ocorrer três dias de escuridão e pediu que seus membros derrubem o governo comunista chinês.

A crença de que o fim do mundo chegaria nesta sexta-feira se popularizou nos últimos anos na China. O filme 2012 foi um grande sucesso no país.

Um agricultor da província de Hebei, Liu Qiyan, não apenas acredita como construiu sete esferas de fibra de vidro, com capacidade para receber 14 pessoas cada uma. O agricultor afirma que elas também poderão boiar em caso de inundação e estão equipadas com tanques de oxigênio e suprimentos. "Se realmente acontecer algum tipo de apocalipse, então você pode dizer que fiz uma contribuição para a sobrevivência da humanidade", disse Liu à Agência France Presse .

BBCBrasil.com BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade