Ciência

publicidade
30 de agosto de 2013 • 13h40 • atualizado às 14h58

Filhote de panda gigante nasce em zoo de Madri

O filhote de panda nasceu nesta madrugada, após 131 dias de gestação
Foto: AFP

Uma ursa panda gigante, que há três anos deu à luz um casal de gêmeos no zoológico de Madri, voltou a fazer a alegria dos biólogos do parque da capital espanhola com o nascimento de um novo filhote de pele rosada, informou o zoológico. A mãe, chamada Hua Zui Ba, deu à luz nesta madrugada após 131 dias de gestação, informou o Zoo Aquarium de Madri em um comunicado.

O filhote, com uma característica pele rosada coberta por uma penugem branca, que rapidamente será substituída por uma pelagem branca e petra típica do panda, chorou com força ao nascer. "A mãe acolheu em seu colo a pequena cria poucos segundos após nascer, lambendo-a constantemente, enquanto a equipe de veterinários observava a cena com emoção", disse o Zoo.

Este é o quarto panda gigante que nasce no parque de Madri, que não descartou que um novo filhote possa ver a luz "nas próximas horas". O filhote será apresentado ao público dentro de "alguns meses", indicou o zoo.

Isso foi exatamente o que aconteceu quando Hua Zui Ba teve seus primeiros filhotes em 2010, os gêmeos Po e De De, que em maio foram transferidos para a cidade chinesa de Chengdu "com o objetivo de serem reintroduzidos em seu habitat natural na China". Outro panda, Chulin, nasceu em Madri em 1982.

O novo nascimento foi presenciado por dois responsáveis da Base do Panda Gigante de Chengdu, que colaboram com a equipe técnica e veterinária do parque espanhol.

Os pandas gigantes se reproduzem com dificuldades em cativeiro. Menos de 1,6 mil destes animais vivem em estado selvagem, principalmente na província chinesa de Sichuan, enquanto cerca de 300 estão em zoológicos de todo o mundo.

AFP