1 evento ao vivo

EUA: sem verba, telescópio para busca por vida extraterrestre

26 abr 2011
16h10

Em comunicado no seu site, o Instituto Seti (sigla em inglês para Busca por Inteligência Extraterrestre) anunciou a suspensão das atividades do telescópio Allen devido a corte de fundos. Segundo a organização, o corte de verbas públicas para o Observatório de Rádio Hat Creek, da Universidade da Califórnia-Berkeley, obrigou o instituto a tomar a decisão.

Telescópio Allen é composto por 42 antenas e registra ondas de rádio
Telescópio Allen é composto por 42 antenas e registra ondas de rádio
Foto: AP

O corte de verbas levou à redução das atividades do observatório e à "hibernação" do telescópio Allen, que fazia parte do complexo. A decisão, segundo o instituto, foi comunicada aos doadores da instituição, no último dia 22.

A instituição diz estar trabalhando para que o telescópio volte a funcionar o quanto antes e busca possíveis parceiros - a princípio, os cientistas tentam um acerto com a Força Aérea americana. A organização diz ainda procurar mais parceiros privados para evitar os cortes de verba pública - empresas como a Sun e a HP já contribuem para as pesquisas da instituição.

O telescópio
O Allen registra ondas de rádio e é composto por 42 antenas. Foi construído após doação de US$ 23 milhões de Paul Allen, cofundador da Microsoft, em 2003, e começou as primeiras observações em 2007. O Seti estava prestes a usar o Allen para examinar pequenos sistemas planetários descobertos pelo telescópio espacial Kepler, da Nasa, que totalizariam 1.235 planetas.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade