5 eventos ao vivo

Telescópio acha evidência de oxigênio em nebulosa

1 ago 2011
15h00
  • separator
  • comentários

O telescópio espacial Herschel encontrou a primeira evidência forte da existência de moléculas de oxigênio (O2) na nebulosa de Órion, afirma nesta segunda-feira a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês). Segundo a agência, o registro é 10 vezes maior que observações anteriores, mas ainda bem abaixo das expectativas teóricas.

Na nebulosa Orion (imagem de arquivo), cientistas encontraram moléculas de oxigênio
Na nebulosa Orion (imagem de arquivo), cientistas encontraram moléculas de oxigênio
Foto: Nasa / Divulgação

O oxigênio é o terceiro elemento mais abundante do universo, atrás apenas de hidrogênio e hélio, e é fundamental para a vida na Terra. "A teoria sugere que deveríamos achar uma grande quantidade de átomos de oxigênio das moléculas de oxigênio, mas buscas anteriores continuavam falhando em achar essa grande quantidade", afirma Paul Goldsmith, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa - a agência espacial americana -, autor principal do artigo que descreve o achado. "Com esses novos dados, nós finalmente temos um forte palpite de onde o oxigênio cósmico pode estar se escondendo", diz o astrônomo.

Segundo a ESA, os astrônomos procuram por assinaturas da energia que os átomos de oxigênio emitem, mas o oxigênio da atmosfera da Terra atrapalha a busca. Como o Herschel está no espaço, fica mais fácil descobrir o elemento.

Terra

compartilhe

publicidade
publicidade