Espaço

publicidade
29 de março de 2013 • 02h04 • atualizado às 06h35

Nave russa Soyuz se acopla à ISS em tempo recorde

Nave foi lançada de base no Cazaquistão
Foto: EFE
 

Em tempo recorde, a nave russa Soyuz TMA-08M, com três tripulantes a bordo, se acoplou nesta sexta-feira com sucesso à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), informou o Centro de Controle de Voos Espaciais da Rússia (CCVE). A viagem, que até então teve duração mínima de dois dias, foi realizada em seis horas a partir da base de Baikonur, no Cazaquistão. As informações são da AP.

Os cosmonautas russos Pavel Vinogradov e Aleksandr Misurkin e o astronauta americano Christopher Cassidy ficarão cinco meses no espaço, antes de voltar para a Terra. Eles se juntam aos outros tês atuais tripulantes da ISS: o canadense Chris Hadfield, o russo Roman Romanenko e o americano Tom Marshburn.

"É uma visão tão bonita, difícil de acreditar nos meus olhos", declarou Vinogradov, que viaja ao espaço pela terceira vez, na primeira manifestação após a chegada.

"Do ponto de vista técnico, foi bastante confortável", afirmou Cassidy, sobre a rápida viagem, que aconteceu de acordo com o chamado "esquema rápido".

"Todos os procedimentos foram similares aos que tomamos nas viagens de dois dias e treinamos diveras vezes", completou o americano.

Terra Terra