0

Nasa: poderosa chuva de meteoros pode atingir a Terra em 2011

18 jun 2010
12h42

A Nasa - agência espacial americana - começou a avaliar os riscos para satélites e naves espaciais em órbita da Terra, como a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), devido a uma poderosa chuva de meteoros que deve atingir o planeta em 8 de outubro de 2011. O fenômeno ocorre no outono do hemisfério norte, vai durar sete horas e deverá ser especialmente violento.

Observações feitas em 2003 mostravam uma fraca fonte vinda de Beta Pictoris. Em 2008, essa fonte havia sumido e, em 2009, imagens mostravam que ele estava do outro lado do disco de poeira que cerca a estrela, o que confirmava que essa fonte era um exoplaneta que orbitava sua estrela
Observações feitas em 2003 mostravam uma fraca fonte vinda de Beta Pictoris. Em 2008, essa fonte havia sumido e, em 2009, imagens mostravam que ele estava do outro lado do disco de poeira que cerca a estrela, o que confirmava que essa fonte era um exoplaneta que orbitava sua estrela
Foto: Divulgação

A Nasa pode, inclusive, redirecionar a ISS. William Cooke, do Marshall Space Flight Center (Huntsville, Alabama), ligado à agência espacial, disse que os especialistas preveem uma grande chuva e esperam um pico de várias centenas de meteoros por hora.

Duas outras chuvas fortes ocorreram em 1985 e 1998, mas não causaram problemas nos satélites e naves em órbita. Desta vez, a probabilidade de problemas também não é alta. No entanto, Cooke diz que a prevenção é importante e que a próxima tempestade não deve ser ignorada.

Segundo Cooke, a ISS tem um escudo contra as rochas do espaço e, se necessário, pode ser redirecionada. O mesmo se aplica ao telescópio Hubble. O cientista incentiva programadores a determinar se é necessário preparar estratégias de defesa. "Se um meteoro esporádico atinge você, é má sorte. Se isso ocorre durante uma chuva de meteoros, é negligência", diz o cientista.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade