1 evento ao vivo

Cientistas da Nasa descobrem novo planeta similar à Terra

"Todos os ingredientes e as condições de vida necessárias devem existir nele", afirmou líder da equipe

23 jul 2015
14h07
atualizado às 14h08
  • separator
  • comentários

Integrantes da missão Kepler, da Nasa, anunciaram nesta quinta-feira (23) a descoberta de um planeta em potencial zona habitável que, além de ser similar à Terra, orbita uma estrela que é similar ao sol. A descoberta, junto ao aparecimento de outros 11 candidatos a pequenos planetas, segundo a empresa, representa mais um marco na jornada para encontrar "outra Terra". 

Chamado de Kepler-452b, o planeta é 60% maior que a Terra. Sua composição não foi determinada, mas pesquisas anteriores sugerem que tem grande chance de ser rochoso. Segundo comunicado, ele demora 385 dias para dar uma volta completa ao redor de sua estrela, a Kepler-452, que tem 6 bilhões de anos (1,5 bilhão a mais que o sol). 

Ilustração compara a Terra (esq.) ao Kepler-452b (dir.)
Ilustração compara a Terra (esq.) ao Kepler-452b (dir.)
Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle / Divulgação

"Podemos pensar no Kepler-452b como um primo maior e mais velho da Terra, o que proporciona oportunidade para entender e refletir sobre o ambiente em evolução dela", disse Jon Jenkins, analista de dados do centro de pesquisa em Moffett Field, Califórnia, que liderou a equipe.

"É inspirador considerar que esse planeta passou 6 bilhões de anos na zona habitável de sua estrela; mais do que a Terra. Isso é oportunidade substancial para a vida a surgir, todos os ingredientes e as condições de vida necessárias devem existir nele", completou.

 

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade