0

Fim do programa de naves leva Nasa a demitir 1,2 mil

1 out 2010
14h56
atualizado às 15h58

A Nasa - a agência espacial dos Estados Unidos -, que completa nesta sexta-feira 52 anos, demitirá cerca de 1,2 mil funcionários em sua maioria vinculados ao programa de naves, que termina dentro de pouco meses, segundo informa o próprio organismo.

Na quarta-feira o Congresso americano aprovou para a agência um orçamento de US$ 19 bilhões para o novo exercício fiscal, que se inicia hoje, e que marca o novo rumo que a Nasa tomará após pôr fim à era das naves, que começou em 1981 e termina no próximo ano.

A vice-administradora da Nasa, Lori Garver, disse que não acredita que a aprovação legislativa do novo orçamento tenha muito efeito sobre as demissões programadas para hoje. De fato ontem foi o último dia em que os empregados demitidos deviam se apresentar a seus postos. O novo orçamento recebeu amplo apoio em ambas as câmaras do Congresso e espera-se que o presidente Barack Obama o promulgue em breve.

A quantidade exata de dinheiro que receberá cada programa da Nasa será decidido em novembro no processo de dotações orçamentárias, depois das eleições para a renovação parcial do Senado e total da Câmara de Representantes (Deputados) no dia 2 de novembro. Calcula-se que o fim do programa das naves levará à eliminação de cerca de 9 mil postos de trabalho na Nasa.

Segundo estudo, dados do Hubble indicam que estrela em hipervelocidade saiu do centro da Via Láctea
Segundo estudo, dados do Hubble indicam que estrela em hipervelocidade saiu do centro da Via Láctea
Foto: Nasa / Divulgação

Veja também:

EFE   
publicidade