Cometa Ison pode ter sobrevivido parcialmente a encontro com Sol

28 nov 2013
19h39 atualizado às 19h50
0comentários
19h39 atualizado às 19h50
Publicidade
Somente a cauda do cometa Ison pode ser vista após a passagem próxima ao Sol
Somente a cauda do cometa Ison pode ser vista após a passagem próxima ao Sol
Foto: Divulgação

O twitter oficial da Agência Espacial Europeia (ESA) afirma que imagens indicam que parte do cometa Ison, que chegou a ser chamado de "cometa do século", pode ter sobrevivido ao encontro com o Sol. A agência, contudo, afirma que apenas a cauda do cometa pode ser vista, e não o núcleo, que pode ter sido destruído na aproximação com a estrela.

Amy Mainzer, cientista do Laboratório de Propulsão a Jato, também da Nasa, afirma que registros da sonda Soho indicam que talvez tenham sobrado algo da pedra de gelo. Mas nada do espetáculo que era esperado pelos astrônomos, talvez apenas um pouco de gás e destroços que podem se dissipar rapidamente.

"Não vejo nenhum sinal do cometa vindo de volta do Sol nas data da (sonda) Soho agora. Estou pronto para dizer isso. Ison é um ex-cometa", diz o astrônomo Phil Plait, do blog Bad Astronomer.

"Não conseguimos ver o cometa Ison", afirma o twitter da equipe de outra sonda da Nasa que observa o Sol, a SDO. "Talvez o Ison tenha chegado perto demais do Sol", diz a conta oficial da agência espacial.

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade