PUBLICIDADE

Após chegar em Marte, sonda será revisada antes de iniciar missão

6 ago 2012 09h16
| atualizado às 09h39
Publicidade

Após sua chegada à superfície de Marte, o explorador Curiosity iniciará uma revisão de todos seus sistemas antes de começar a enviar informações e dados vindos do planeta vermelho. "Temos que ter muita paciência porque é preciso estar completamente seguro que o entorno é adequado e não há risco. Após essa revisão, o explorador passará a captar os primeiros dados", explicou à Agência Efe Felipe Gómez, um dos cientistas espanhóis envolvido no projeto.

Gerentes da missão e cientistas comemoram o sucesso do pouso da Curiosity na superfície do planeta vermelho
Gerentes da missão e cientistas comemoram o sucesso do pouso da Curiosity na superfície do planeta vermelho
Foto: AFP

Gómez, que se encontra no Laboratório de Propulsão da NASA em Pasadena (Califórnia, EUA), onde permanecerá por mais três meses, qualificou a aterrissagem da Curiosity com um fato "muito emocionante" e "surpreendente" pela suavidade com que o explorador pousou na cratera Gale de Marte.

"O desdobramento foi realizado passo a passo; um êxito rotundo", disse o cientista do Centro espanhol de Astrobiología (CAB). As informações recolhidas pela Curiosity serão enviadas apenas uma vez ao dia. Após essa transmissão, o explorador automaticamente já passa a processar e interpretar novas informações. As observações registradas são armazenadas sobre o computador de controle do robô e, posteriormente, sobre o satélite que mantém sua comunicação com a Terra.

Segundo Gómez, o fato de poder participar desta missão - uma das maiores já desenvolvidas - "supõe um desafio tecnológico nunca assumido anteriormente devido ao tamanho, volume e peso do explorador, assim como a quantidade de instrumentos científicos que este robô transporta".

Na superfície de Marte, o robô explorador Curiosity analisará durante os próximos dois anos a possibilidade de ter existido ou existir vida no planeta vermelho.

EFE   
Publicidade