0

Encontradas tumbas de construtores de pirâmides do Egito

Imagens de tumbas dos construtores de pirâmides são divulgadas

11 jan 2010
10h10
atualizado às 10h28

Arqueólogos egípcios divulgaram nesta segunda-feira imagens de ossos e de um conjunto de tumbas encontrados nas proximidades das pirâmides de Khufu e Khafre em Gizé, no Egito. Os pesquisadores afirmam que os ossos eram dos trabalhadores que construíram as pirâmides e que, de acordo com a localização das tumbas, eles não eram escravos, como se acreditava anteriormente.

Ossada de possível operário de 4 mil anos é encontrada junto as Pirâmides, em Gizé
Ossada de possível operário de 4 mil anos é encontrada junto as Pirâmides, em Gizé
Foto: AP

"Essas tumbas foram construídas ao lado da pirâmide do rei, o que indica que essas pessoas não eram de forma alguma escravos", disse Zahi Hawass, arqueólogo-chefe que lidera a equipe de escavação do Egito em entrevista à agência Reuters no domingo. "Se fossem escravos, não teriam o direito de construir suas tumbas ao lado da tumba do rei", completou.

As tumbas encontram-se no planalto de Gizé, na fronteira oeste do Cairo, na entrada de uma necrópole de um quilômetro e meio de comprimento e têm 4.510 anos de existência. Segundo a agência AP, essas descobertas podem lançar luz sobre a forma como os trabalhadores viviam e comiam na época e podem ser as maiores descobertas arqueológicas do século XXI.

Na década de 90, a equipe do arqueólogo Zahi Hawass já havia encontrado trabalhos em grafite nas paredes realizadas por trabalhadores que se denominavam "amigos de Khufu", outro indício de que não eram escravos.

Fonte: Redação Terra
publicidade