0

Diretora da Nasa: se estão decepcionados, sinto muito

2 dez 2010
19h06
atualizado em 3/12/2010 às 21h24

O anúncio da Nasa feito nesta quinta-feira (2), em Washington, sobre a descoberta de uma nova forma de vida encontrada em um lago tóxico da Califórnia teve forte repercussão na internet. Por outro lado, muito gente se mostrou frustrada, já que se esperava o anúncio da descoberta de vida fora da Terra. Os pesquisadores da agência espacial comentaram essa expectativa.

"Esta é uma descoberta fenomenal. Se as pessoas estão decepcionadas, sinto muito. Mas é uma descoberta que fundamentalmente muda como vemos, definimos a vida e talvez seremos capaz de encontrar um ET agora", diz Mary Voytek, diretora do programa de Astrobiologia da Nasa.

"Até hoje se pensava que todas as formas de vida precisavam de fósforo e este micróbio substitui fósforo por arsênio. Isso é profundo. O que mais poderemos encontrar?", diz a pesquisador Felisa Wolfe-Simon. "A definição de vida acabou de ser ampliada", diz Ed Weier, administrador da Nasa da missao de ciência.

No Brasil, a notícia gerou frustração entre os tuiteiros. Como a Nasa havia divulgado que iria anunciar informações relativas à vida extraterrestre, muitos estavam na expectativa de que a descoberta estivesse relacionada a seres mais evoluídos fora do Planeta Terra. O tuiteiro @izzynobre, por exemplo, publicou que a Nasa está "fazendo esse estardalhaço pq ela sofre dificuldade de garantir fundos de pesquisa e quer mostrar bom trabalho (sic)."

A informação se espalhou rapidamente pelo Twitter em todo o mundo. Às 17h, momento em que a agência iniciou a coletiva de imprensa, a quantidade de tweets contendo a palavra 'NASA' chegou a 1,48% de toda twittosfera, de acordo com a ferramenta Trendistic. Pela manhã, chegou a 0,52% do total. Segundo o Google Trends, o termo 'arsenic lifes', que diz respeito à substância na qual o microorganismo descoberto pela Nasa suporta, foi um dos mais buscados na web pelos internautas dos EUA.

No Twitter, a expressão 'Nasa finds' ocupou os Trending Topics Worldwide, a lista de assuntos mais comentados da rede de microblogs. Nos Estados Unidos e Canadá, a expressão também figurou como uma das mais tuitadas. Na América Latina, a hashtag #revelacionasa foi amplamente usada nos tweets dos chilenos. E #anuncionasa, na Argentina. De acordo com a ferramenta Topsy, os tweets publicados pelo perfil oficial da Nasa foram retuitados, em média, 700 vezes cada.

Fonte: Terra
publicidade