publicidade
13 de setembro de 2009 • 11h41 • atualizado às 11h51

Conheça a luta de 10 animais pela sobrevivência

No mundo dos leões são as fêmeas que fazem o trabalho mais difícil
Foto: Getty Images
 

Muitas pessoas se queixam do ritmo de trabalho estressante nas grandes metrópoles e vivem torcendo pela chegada das férias, onde podem relaxar e curtir a tranquilidade. Mal sabem elas que no mundo animal não existe férias e quem der mole acaba sucumbindo. Para os que pensam que trabalhar é difícil, conheça o esforço diário de 10 espécies para sobreviver, conforme lista da National Wildlife Federation divulgada no site científico Live Science.

10 - Coelho
Quando você está nas últimas posições da cadeia alimentar, se reproduzir com rapidez já é literalmente uma questão de sobrevivência para a sua espécie. Os coelhos não são nem um pouco preguiçosos para o coito.

Cada fêmea pode dar à luz até sete ninhadas por ano, com quatro a seis exemplares por vez. Em alguns lugares, a reprodução acelerada da espécie se torna uma praga, aumentando a diversão para os caçadores.

9 - Minhoca
Minhocas podem parecer humildes e insignificantes, mas literalmente movem a Terra. Estes invertebrados que se arrastam pelo chão ingerem minerais e vegetais em decomposição, puxando-os para baixo da superfície para se alimentar. O produto final após essa alimentação é um nutriente "carregado" que é depositado na camada superficial do solo. Uma população saudável de minhocas pode movimentar entre 20 e 40 t de terra por hectare anualmente.

8 - Musaranho
Musaranhos são pequenos mamíferos, como o rato, que se alimentam de insetos, vermes, moluscos e outros pequenos animais. Eles possuem um metabolismo extremamente rápido e estão constantemente se movimentando em busca de comida. Para abastecer seu metabolismo, o musaranho nunca para de trabalhar e precisa consumir duas a três vezes o seu peso em alimentos diariamente para sobreviver.

7 - Andorinha-do-Ártico
A migração é um trabalho árduo e as andorinhas-do-Ártico são as que mais viajam. A espécie migra ao longo do mar e raramente é vista em terra, exceto durante o acasalamento. Considerando-se que uma andorinha-do-Ártico pode viver até 30 anos, um único pássaro pode viajar mais de 650 milhas em vida.

6 - Beija-flor
Tal como outras aves, o beija-flor também têm necessidade de bater as asas para voar, mas em uma velocidade muito mais rápida do que as demais espécies. Cada asa chega a bater entre 40 e 50 vezes por segundo. Algumas espécies de beija-flor atingem 80 batidas de asa por segundo. Até mesmo o coração desta ave trabalha duro: são 1.260 batidas por minuto.

5 - Castor
O castor é provavelmente o animal com maior capacidade de alterar seu ambiente com trabalho duro. Somente os seres humanos mudam mais a paisagem onde moram do que os castores. Um exemplar de 18 kg pode derrubar árvores de vários tamanhos e utilizá-las para construir suas tocas em riachos.

4 - Leão
Como na sociedade das abelhas, no mundo dos leões são as fêmeas que fazem o trabalho mais difícil. As leoas caçam a maior parte dos alimentos e ensinam os jovens a se virarem sozinhos. Trabalhando juntos, eles podem atacar animais do próprio tamanho e até maiores, como elefantes e girafas. Os machos passam a maior parte do tempo dormindo e comendo.

3 - Abelha
Todos sabem do esforço das abelhas no trabalho diário em busca do néctar. Uma abelha-operária tem que trabalhar 10 horas por dia durante seis dias para coletar néctar suficiente para criar apenas um pouco de mel.

E não são somente as operárias que ficam ocupados demais. A abelha-rainha pode colocar cerca de 1,5 mil ovos em apenas um dia. Apenas os machos, os zangões, não trabalham muito. Eles aguardam o momento de acasalar com uma rainha.

2 - Formiga
Existem milhares de espécies de formiga no mundo e elas comem um monte de coisas diferentes. Algumas são carnívoras, se alimentando de qualquer inseto ou animal que conseguirem. Outras reúnem milhões de sementes de plantas para armazená-las em silos subterrâneos.

Independente da espécie, todas as formigas são incrivelmente fortes e capazes de levantar cargas que pesam entre 10 e 50 vezes o próprio peso. Elas trabalham em conjunto para transportar alimentos e defender a colônia dos predadores.

1 - Salmão
O salmão vive nos oceanos salgados quando adulto, mas é na água doce de rios que ele se reproduz. A espécie nada contra as fortes correntes dos rios, saltando até mesmo por cachoeiras. Para o salmão do Pacífico, a viagem é somente de ida. Eles gastam tanta energia tentando saltar, que após a desova acabam morrendo por esgotamento.

Redação Terra