1 evento ao vivo

Cientistas dizem ter descoberto maior vulcão do mundo no Pacífico

6 set 2013
03h28
atualizado às 03h47
  • separator
  • comentários

Uma equipe de cientistas, liderada por William Sager, professor da Universidade de Houston, nos Estados Unidos, anunciou a descoberta do maior vulcão do planeta – e um dos maiores do Sistema Solar. Cobrindo uma área de aproximadamente 310 mil quilômetros quadrados, o vulcão submarino, apelidado de Tamu Massif, está localizado a 1,6 mil quilômetro ao leste do Japão.

O vulcão faz parte da Shatsky Rise, uma cadeia montanhosa submarina formada entre 130 a 145 milhões de anos atrás pela erupção de vários vulcões submarinos. Até agora, ainda era incerto se o Tamu Massif era um único vulcão, ou uma composição de muitos pontos de erupção. Reunindo diversas evidências, incluindo amostras do local e dados coletados de navios de pesquisa, os autores do estudo confirmaram que a massa de Basalto que constitui o Tamu Massif de fato entrou em erupção a partir de uma única fonte, próxima ao seu centro.

“O Tamu Massif é o maior vulcão já descoberto na Terra”, disse Sager, que acrescentou que há a possiblidade de outros maiores, por exemplo no platô oceânico Ontong Java, a leste das Ilhas Salomão, também no Pacífico, mas não se sabe, de acordo com o professor, se trata-se de um único vulcão ou um complexo deles.

Por comparação, o Mauna Loa, maior vulcão ativo do planeta, no Havaí (Estados Unidos), tem pouco mais de 5 mil quilômetros quadrados – menos que 2% da área do Tamu Massif. 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade