0

China lança satélite para estudar recursos e evitar desastres

29 mai 2012
10h36
atualizado às 11h18

A China lançou nesta terça-feira seu satélite de detecção remota "Yaogan XV", desde seu Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, na província de Shanxi, ao norte da China, para realizar experimentos científicos, informou a agência oficial de notícias Xinhua.

Depois de vários adiamentos e da suspensão já em contagem regressiva do último sábado, finalmente nesta terça-feira foi realizado com sucesso o primeiro lançamento de um foguete privado rumo à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês)
Depois de vários adiamentos e da suspensão já em contagem regressiva do último sábado, finalmente nesta terça-feira foi realizado com sucesso o primeiro lançamento de um foguete privado rumo à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês)
Foto: AP

O satélite foi lançado às 15h31 locais (4h31 de Brasília) a bordo do transportador Gran Marcha 4B e alguns de seus objetivos são estudar os recursos da Terra, analisar o rendimento dos cultivos e reduzir os desastres naturais e preveni-los, segundo a agência.

Com o "Yaogan XV" também foi posto em órbita o satélite "Tiantuo I" para a recepção de dados do Sistema de Identificação Automática de navios, a captação de imagens ópticas e a coleta de informação sobre experimentos de exploração espacial.

EFE   
publicidade