0

Califórnia emite ordem executiva para reduzir emissões de efeito estufa

29 abr 2015
15h35
atualizado às 15h35
  • separator
  • comentários

O governador da Califórnia (EUA), Jerry Brown, emitiu nesta quarta-feira uma ordem executiva com a qual pretende reduzir as emissões de gases do efeito estufa em 40% abaixo dos níveis de 1990.

O alvo é alcançar esta meta para o ano 2030, especificou Brown em comunicado.

Anteriormente, o governo do ex-governador Arnold Schwarzenegger se propôs alcançar os níveis de 1990 para o ano 2020, e 80% abaixo para 2050.

"Com esta ordem executiva, a Califórnia estabelece uma marca muito alta para si mesma e outros estados e nações, mas é um objetivo que deve ser alcançado por esta geração Y e as vindouras", apontou Brown.

Desta forma, Brown alinha os objetivos da Califórnia com os estabelecidos pela União Europeia (UE) e mantém vigente a meta do estado de reduzir drasticamente as emissões de efeito estufa para 2050.

"O anúncio da Califórnia é uma realização e uma determinação que vai ressoar com outras ações inspiradoras dentro dos EUA e ao redor do mundo", apontou Christiana Figueres, secretária executiva da Convenção Marco das Nações Unidas (ONU) sobre a Mudança Climática.

A ONU programou uma grande cúpula internacional sobre o tema para o final do ano em Paris.

Atualmente, na Califórnia fala-se de uma legislação -sugerida por Brown em janeiro- que aumentaria o uso de energias renováveis, melhoraria a eficiência energética nos edifícios obsoletos e reduziria o uso de gasolina nas estradas estaduais.

Essas propostas estão destinadas a conseguir o propósito do estado de reduzir as emissões de gases do efeito estufa da Califórnia em 80% para 2050.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade