0

Arqueólogos descobrem vestígios de sinagoga na Galileia, em Israel

2 jul 2012
08h24
atualizado às 12h11

Vestígios de uma sinagoga monumental que remonta aos séculos 4 e 5, sob o Império Romano, foram descobertos recentemente em Israel durante escavações na Galileia (norte do país), anunciou o Departamento Israelense de Antiguidades.

Objeto era usado para carimbar documentos e objetos
Objeto era usado para carimbar documentos e objetos
Foto: EFE

Segundo um comunicado, os arqueólogos encontraram no vilarejo de Huqoq um mosaico ricamente decorado que representa a história bíblica das 300 raposas utilizadas por Sansão para incendiar os campos dos filisteus.

As escavações foram coordenadas pela americana Jodi Magness e os israelenses David Amit e Shua Kisilevitz. "Existem apenas outras duas sinagogas desta época que mostram cenas nas quais aparece Sansão, uma delas perto do vilarejo de Huqoq, entre a localidade de Migdal e Kfar Nahum (Kafarnaum), sobre a margem norte-ocidental do Lago Tiberíades", afirmou a professora Magness, que destacou o "tamanho monumental" das pedras utilizadas para o edifício.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade