0

Arqueólogos descobrem tumba de faraó que reinou no Egito há 3.800 anos

6 jan 2014
13h32
atualizado às 13h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Sarcófago do soberano Sobekhotep Ier,  faraó da 13ª dinastia do Antigo Egito, pesa mais de 600 toneladas
Sarcófago do soberano Sobekhotep Ier, faraó da 13ª dinastia do Antigo Egito, pesa mais de 600 toneladas
Foto: AFP

Uma equipe de arqueólogos americanos identificou uma tumba de 3.800 anos como sendo a de Sobekhotep Ier, um faraó da 13ª dinastia do Antigo Egito, indicou nesta segunda-feira o ministério egípcio das Antiguidades.

Esta descoberta, realizada na localidade de Sohag (sul), é importante, já que os especialistas pouco sabiam sobre este faraó que "governou o Egito durante quatro anos e meio, o reinado mais longo da época", declarou uma autoridade do ministério, Ayman El-Damarani.

A equipe americana da Universidade da Pensilvânia descobriu há um ano o imponente sarcófago do soberano, que pesa mais de 600 toneladas.

Contudo, os arqueólogos só o identificaram há uma semana, após a descoberta de uma inscrição com o seu nome e o representando sentado no trono.

Urnas funerárias e objetos pertencentes ao faraó também foram encontrados no local.

Arqueologia em 2013 vai de túmulo de "vampiros" a tesouro no lixo no Rio

Veja também:

Como era ser uma criança negra na Alemanha pós-guerra
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade