0

Aos 94 anos, morre Robert McNeil, o criador do Tylenol

4 jun 2010
11h43

Robert Lincoln McNeil Jr., o criador do Tylenol, morreu aos 94 anos em sua casa em Wyndmoor, Filadélfia, de insuficiência cardíaca, no último dia 20 de maio.

Americano desenvolveu o primeiro produto concorrente da Aspirina
Americano desenvolveu o primeiro produto concorrente da Aspirina
Foto: Chemical Heritage Foundation / Divulgação

A informação foi divulgada nesta quinta-feira, dia 3, pelo relações públicas do executivo, John Moscatelli.

McNeil introduziu o Tylenol no mercado norte-americano em 1955. Foi o primeiro analgésico a concorrer com a Aspirina. O químico e farmacêutico fazia parte da terceira geração da família McNeil, que fundou o laboratório homônimo em 1879. Apesar de ter sido descoberto no século 19, o ingrediente principal do Tylenol não foi aplicado até os anos 50 por falta confiança na sua efetividade. McNeil soube da existência da droga em uma conferência e determinou que sua empresa desenvolvesse o medicamento para concorrer com os produtos à base de aspirina. Entre 1955 e 1960, o remédio foi vendido apenas sob prescrição.

O primeiro produto da linha Tylenol foi um elixir para crianças, com funções analgésicas e antitérmicas. Quatro anos depois, o Laboratório McNeil foi comprado pela Johnson & Johnson´s, e o farmacêutico tornou-se executivo da subsidiária que foi criada, a Johnson & Johnson's McNeil. Ocupou o cargo até 1964.

Depois de se aposentar, McNeil dedicou-se à filantropia, doando recursos ao Museu de Arte e ao zoológico da Filadélfia. Dois centros de pesquisa da Universidade de Ciências da Filadélfia, onde ele estudou, levam o nome do farmacêutico.

The New York Times

compartilhe

publicidade
publicidade