PUBLICIDADE

vc repórter: internauta fotografa maior mamífero dos EUA

12 out 2010 19h58
| atualizado em 13/10/2010 às 08h58
Publicidade

A internauta Camila Cristina Scarparobozza registrou o momento em que um alce entrou no jardim da casa dela para se alimentar com algumas folhas, em Anchorage, no Estado americano do Alasca. Segundo Camila, com a chegada do outono e do frio na região, os animais aparecem mais na cidade.

Segundo internauta, com a chegada do outono e do frio no hemisfério norte animais aparecem mais
Segundo internauta, com a chegada do outono e do frio no hemisfério norte animais aparecem mais
Foto: Camila Cristina Scarparobozza / vc repórter

Segundo a organização WWF, o alce é o maior mamífero da América do Norte e pode ser encontrado em várias áreas - de montanhas a pântanos - e foi seriamente ameaçado de extinção no século XX por causa da caça. Esforços de preservação levaram ao ressurgimento da população - hoje estima-se que existam 1 milhão de indivíduos na natureza.

Contudo, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), apesar da relativamente grande e bem distribuída população, o alce ainda corre risco por causa da caça no hemisfério norte.

Além da América do Norte - principalmente Canadá e Alasca -, pode ser encontrado na Europa e Ásia - basicamente na Rússia. Segundo o WWF, alcança até 1,8 m de altura (dos ombros aos pés) e até 725 kg (machos) e 590 kg (fêmeas). Além dos chifres largos, chama a atenção um pedaço de pele que fica abaixo do pescoço e tem em média 30 cm de comprimento chamado de "sino".

A internauta Camila Cristina Scarparobozza, de Anchorage, no Alasca (EUA), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
Publicidade