PUBLICIDADE

Morcego albino é encontrado em prédio no centro de Porto Alegre

26 jan 2010 16h44
| atualizado às 16h47
Publicidade

Um morcego parcialmente albino foi encontrado esta semana em uma colônia que vive em um telhado de um prédio no centro de Porto Alegre (RS). O exemplar, de uma rara espécie conhecida pelo nome científico Tadarida brasiliensis, foi capturado para ser fotografado, mas já foi devolvido ao meio ambiente.

O raro exemplar parcialmente albino do Tadarida brasiliensis foi encontrado em um prédio no centro da capital gaúcha
O raro exemplar parcialmente albino do Tadarida brasiliensis foi encontrado em um prédio no centro da capital gaúcha
Foto: Smam/PMPA / Divulgação

Segundo a bióloga Soraya Ribeiro, coordenadora da equipe de Fauna Silvestre da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), "morcegos são visitantes de verão em Porto Alegre e abandonam a capital em busca de zonas mais quentes a partir do final de fevereiro". "Esses animais são importantes no equilíbrio ambiental, pois controlam as populações de insetos que se proliferam no ambiente urbano durante o verão".

"Exemplares albinos são raríssimos de se encontrar dentro de populações de morcegos. Ainda assim, a incidência de albinismo parcial é um pouco mais comum", explicou a bióloga Susi Missel Pacheco, especialista em quirópteros.

De acordo com a bióloga, no geral, não existe nenhum tipo de segregação por parte da organização social de uma população de morcegos com os exemplares albinos. "A cor não é uma coisa que geralmente influencie. Em 20 anos que trabalho com a espécie, só vi morcegos serem rejeitados quando possuem alguma doença", completou.

Fonte: Redação Terra
Publicidade