Animais

publicidade
02 de maio de 2013 • 10h40 • atualizado às 12h40

EUA: peixe que sobrevive dias fora da água ameaça lago do Central Park

O peixe cabeça-de-cobra já foi encontrado em outras regiões dos Estados Unidos, mas as autoridades ainda não sabem como foi parar no lago artificial

Imagem de arquivo mostra exemplar da espécie, originária da Ásia
Foto: AFP

Autoridades ambientais dos Estados Unidos farão um levantamento em um lago artificial do Central Park, em Nova York, para procurar um tipo de peixe que ameaça perturbar o ecossistema do parque mais famoso do país, já que pode devorar pequenos animais – incluindo sapos, patos e até tartarugas - por causa de seus dentes afiados. De acordo com especialistas, a espécie originária da Ásia tem capacidade de viver fora da água por vários dias e de se locomover em pequenas distâncias.

O peixe cabeça-de-cobra já foi encontrado em outras regiões dos Estados Unidos, mas as autoridades ainda não sabem como a espécie, comum na China e Coreia do Sul, foi parar no lago artiifcial. Os técnicos estão orientando a população que encontrar um exemplar da espécie a não jogá-lo de volta na água e mantê-lo em um recipiente seguro, até que seja entregue às autoridades ambientais. Placas com os alertas foram espalhadas pelo Central Park.

"O alerta é apenas para que as pessoas saibam que este peixe está lá, e quem se encontrá-lo por favor não devolver à água. Serve também para ajudar as pessoas a tomar consciência de que há coisas na água que não deveria estar lá", disse Melissa Cohen, do Departamento de Conservação Ambiental. O lago artificial está localizado no lado nordeste do Central Park.

Informações da rede NBC Terra