Visita do Papa

Visita do Papa

Segunda, 16 de abril de 2007, 07h01 Atualizada às 07h42

PF deve retirar mendigos da Sé para visita do Papa

A Polícia Federal (PF) deve afastar todos os moradores de rua da praça da Sé, no centro de São Paulo, horas antes da chegada do papa Bento XVI, no dia 11 de maio. De acordo com a Folha de S.Paulo, o isolamento, considerado necessário para a segurança, será repetido nos locais em que o Papa passará as noites, como no mosteiro de São Bento e no Seminário Bom Jesus, em Aparecida, no interior do Estado.

» Opine sobre o assunto
» Veja a programação do Papa no Brasil
» Conheça a biografia do papa Bento XVI
» vc repórter: Mande fotos e notícias

O delegado da PF Flávio Trivella, responsável pela integridade física do Papa, justificou a medida afirmando que, ou a segurança é completa "ou não existe segurança". Pelo menos 400 agentes federais serão disponibilizados para acompanhar a visita do pontífice ao Brasil.

Até os convidados serão submetidos à revista para acessar áreas restritas. Os organizadores, os agentes públicos e até os monges que vivem na clausura do mosteiro de São Bento serão investigados e, depois, credenciados.

  • Imprima esta notícia
  • Envie esta notícia por e-mail

Busca

Busque outras notícias no Terra: