PUBLICIDADE

Trânsito

Estudante que atropelou ciclista na Paulista consumiu vodca

De acordo com comanda de casa noturna, Alex Siwek consumiu três doses de vodca na noite do acidente

11 mar 2013 - 17h23
(atualizado às 17h34)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Futura Press

O estudante de psicologia Alex Siwek, que atropelou um ciclista na avenida Paulista na madrugada do último domingo, consumiu três doses de vodca e um energético na festa em que estava na casa noturna Josephine, no Itaim Bibi, de acordo com a comanda deixada pelo universitário  no local. 

Veja os desafios que os ciclistas enfrentam nas cidades

O universitário se negou a fazer exame de sangue e bafômetro quando se entregou à polícia, logo depois de jogar o braço da vítima, o limpador de vidros David Santos Souza, em um córrego próximo à avenida Doutor Ricardo Jafet. Testemunhas, porém, alegaram que Siwek apresentava sinais de que havia ingerido bebida alcoólica e estava embriagado. 

Segundo um dos sócios da casa noturna, Siwek bebeu três doses de vodca e um energético, e o amigo que estava com ele no momento do acidente bebeu duas doses de vodca e também um energético. 

Na noite de domingo, a polícia já havia afirmado que o colega de Siwek confessou que ambos haviam bebido durante a noite. A testemunha, porém, disse que ambos haviam consumido cerveja. O advogado do universitário, Pablo Naves Testoni, também havia dito que ambos consumiram cerveja antes do acidente. 

Atropelador será encaminhado para o Centro de Detenção

Nesta segunda-feira, Siwel deve ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Osasco, na Grande São Paulo.

O ciclista atropelado teve um dos braços amputado no acidente e segue internado no Hospital das Clínicas de São Paulo.

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade