publicidade
26 de março de 2014 • 21h29 • atualizado às 21h37

Delegado suspeita de falha mecânica em acidente que matou 4

Caminhão bateu em ônibus e van e dois carros na cidade de São Sebastião, no Entorno do Distrito Federal

De acordo com a corporação, entre os mortos estavam dois ocupantes do caminhão e dois pedestres
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil
 

O delegado da 30ª Delegacia da Polícia, André Leite, informou que as causas que levaram ao acidente envolvendo um caminhão e que provocou quatro mortes em São Sebastião, no Entorno do Distrito Federal, serão conhecidas dentro de 30 dias. Segundo o delegado, a suspeita é de falha mecânica no caminhão.

"Nós vamos aguardar o resultado da perícia, que sai em 30 dias, para verificar se houve alguma falha, ver qual era o estado do veículo e se a velocidade estava acima da permitida na via", disse o delegado.

Por volta das 10h40, um caminhão bateu em um ônibus, uma van e dois carros em São Sebastião, que fica a 26 quilômetros de Brasília, provocando a morte de quatro pessoas e deixando mais quatro feridas. Segundo testemunhas, o motorista do caminhão perdeu o controle em uma descida, na entrada da cidade, e atingiu a van, que atropelou duas pessoas, que não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Depois de atingir a van, o caminhão bateu em um ônibus e em dois carros que estavam parados. Após as batidas, a carreta tombou e derrubou um poste. A fiação foi arrastada e mais 14 postes caíram. Duas pessoas que estavam no caminhão morreram.

O empresário Ernani Rodrigues, que passava pela via no momento do acidente, contou ter ouvido um estouro. "Quando ele (motorista do caminhão) bateu no poste, o peso da rede veio puxando os postes e quebrando", disse. O frentista Jackson Aires disse que o acidente foi muito rápido. "Os pedestres estavam andando no canteiro, eu vi quando eles foram arremessados", relatou.

De acordo com o morador de São Sebastião, Danilo Félix, os acidentes são frequentes no local. "O governo encheu de pardais (equipamentos que monitoram a velocidade da via), mas tinha que fazer uma via só para caminhões por fora da cidade, para evitar esse tipo de acidente."

O motorista da carreta, em estado grave, e o motorista da van foram levados para o Hospital de Base de Brasília. O motorista do ônibus e o cobrador tiveram escoriações leves, e foram encaminhados para um hospital próximo. Em nota, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que o motorista do caminhão sofreu escoriações no cotovelo, na mão e fraturou as duas pernas. Ele está internado e apresenta quadro estável. Os demais feridos já receberam alta. 

Agência Brasil