5 eventos ao vivo

Cinco estradas estão fechadas no Rio após chuva

15 jan 2011
19h30
atualizado às 20h55

Cinco estradas do Rio de Janeiro estavam interditadas neste sábado, devido à forte chuva que atingiu o Estado durante a semana. A RJ-146 estava bloqueada devido às pontes que cederam no trecho entre o município de Bom Jardim e o distrito de Barra Alegre. A RJ-194 também estava interrompida. O Rio Paraíba do Sul está aproximadamente 10 m acima do nível normal e invadiu a rodovia a uma distância de 4 km de Gargaú.

12.01 - Teresópolis/RJ: moradores e Defesa Civil trabalham no resgate de pessoas após fortes chuvas que causaram deslizamentos
12.01 - Teresópolis/RJ: moradores e Defesa Civil trabalham no resgate de pessoas após fortes chuvas que causaram deslizamentos
Foto: Vanderlei Almeida / AFP

A RJ-134 estava interditada desde a entrada do município São José do Vale do Rio Preto até a BR-116, devido a várias quedas de barreiras, além da queda de duas cabeceiras da ponte logo no início da cidade. Funcionários e máquinas trabalhavam na limpeza e retirada de barreiras, tendo que avaliar as medidas a serem tomadas com relação à ponte e erosões de pista.

A RJ-176, em São Sebastião do Alto, também estava interditada devido ao transbordamento do Rio Grande. Medidas de reparo emergenciais já começaram na localidade.

De acordo com a assessoria da RJ-116, a via está com tráfego interrompido preventivamente nos km 75 e 78, após as chuvas que caíram no começo da tarde desse sábado. A concessionária analisava a situação dos locais, calculando os efeitos dessa última chuva. O procedimento de pare e siga era adotado no km 92, na localidade do Vale do Tainá.

Já o km 102, em Bom Jardim, continuava sem passagem após a queda das pontes. As concessionárias pediram que os usuários só circulem pela região serrana em caso de extrema necessidade, para que as vias fiquem livres para veículos de emergência.

A RJ-130 (via que liga Teresópolis a Nova Friburgo) e a RJ-150 (entre as cidades de Friburgo e Amparo) estava com o tráfego liberado neste sábado. Em alguns pontos, ela funcionava no sistema de meia pista.

Os postos de pedágios da RJ-116 em Itaboraí e Cachoeiras de Macacu recebem doações para Nova Friburgo, evitando que o fluxo de carros e caminhões com donativos aumentem nessa via.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) conseguiu liberar as duas pistas da RJ-142, retirando 25 barreiras no trecho que liga os distritos de Muri à Lumiar, sendo assim mais uma opção de tráfego até Nova Friburgo.

A RJ-192, que liga São Fidelis à Itaocara, estava com tráfego normalizado, após uma pequena erosão na cabeceira da ponte, ocasionada pela elevação do Rio Grande, na localidade conhecida como Cambiasca.

A RJ-162 estava funcionando apenas meia pista do km 73 ao km 74, porque um bueiro estourou, danificando parte do asfalto da estrada. Equipes estavam no local trabalhando para liberar o trânsito. A rodovia liga o município de Rio das Ostras ao município de Trajano de Moraes, passando por Casimiro de Abreu e pela região serrana de Macaé.

Rua do centro de Nova Friburgo é tomada pela lama

Veja onde foram registradas as mortes

Fonte: O Dia
publicidade