Trânsito

publicidade
29 de março de 2014 • 00h02 • atualizado às 16h13

Acidente entre caminhão e ônibus deixa 16 mortos em Manaus

Pelo menos 16 pessoas morreram, entre elas uma mulher grávida de seis meses, em um grave acidente entre um caminhão caçamba e um micro-ônibus executivo na noite desta sexta-feira na zona centro-sul de Manaus. A última vítima envolvida foi confirmada no ínicio da tarde, o marceneiro Domingos Messias de Souza, de 60 anos.

Segundo a polícia, o caminhão, que presta serviço para a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), se desgovernou, avançou o canteiro central e bateu de frente com um micro-ônibus da linha 825.

O caminhão trafegava no avenida Djalma Batista no sentindo bairro-centro, e o micro-ônibus no sentido oposto. O micro-ônibus estava com aproximadamente 40 passageiros na hora da colisão. "Foi muito rápido. A caçamba vinha a uns 100 quilômetros por hora. Depois da batida, foi um desespero só", afirma Tatyani Farai, frentista do posto de combustível em frente ao local onde o acidente aconteceu.

Segundo o Corpo de Bombeiros, as pessoas que vinham na parte frontal do micro-ônibus foram as principais vítimas fatais. Entre elas está o motorista do ônibus, Robert da Cunha Moraes, 27 anos. 

O prefeto de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que estava viajando para São Paulo, cancelou toda sua agenda para retornar a Manaus e prestar apoio as vítimas. Em nota, a prefeitura de Manaus lamentou o fato e confirmou que o caminhão caçamba é de uma empresa terceirizada que presta serviço ao município.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Susam), 20 vítimas do acidente deram entrada em cinco unidades de saúde da cidade. Dez vítimas foram para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na zona centro-sul; sete foram para o Pronto-Socorro João Lúcio, na zona leste; e três nas demais unidades. 

Vítimas
Em entrevista para uma rádio local na manhã deste sábado, Virgílio declarou apoio às vítimas da tragédia. "Decretamos luto oficial de três dias em respeito às vítimas desse terrível acidente. A prefeitura vai arcar com todas as despesas com todos os velórios", disse o prefeito.

Entre os mortos no acidente está o motorista do caminhão-caçamba que colidiu de frente com o micro-ônibus executivo onde estavam mais de 40 pessoas. A lista oficial, divulgada pelo Instituto Médico Legal (IML) durante a madrugada, traz os nomes das 14 vítimas, não contabilizando o bebê da gestante Gabriela Teles Messias, 26 anos.

Vítimas
Rosangela Cardoso Costa, 39 anos
Robert da Cunha Moraes, 26 anos
Adriane da Silva Fernandes, 20 anos
Lincoln Oliveira de Souza, 21 anos
Homem aproximadamente 30 a 35 anos - suposto Ricardo Oliveira, conforme IML
Ozaias Costa de Almeida (Motorista do caminhão)
Quézia Guedes de Souza , 24 anos
Clarice Gomes Pires, 58 anos
Luis Miguel Guedes de Souza, 1 ano e 6 meses
João Jorge Duarte Pires, 56 anos
Carlos Alberto da Silva Silveira, 50 anos
Gabriela Teles Messias, 26 anos 
Tânia Mara da Rocha, 50 anos
Sebastião Alves de Araújo, 50 anos
Domingos Messias de Souza, de 60 anos

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/acidentes-onibus/" href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/acidentes-onibus/">Mortes em acidentes com ônibus</a>
Especial para Terra