PUBLICIDADE

SP: protesto pró-impeachment leva apenas 70 pessoas ao MASP

A militância defende o impeachment da presidente reeleita, como uma ação que seria uma forma de tirar do poder “um monstro chamado Partido dos Trabalhadores”

28 fev 2015 16h30
| atualizado às 16h30
ver comentários
Publicidade
Imagens do MASP duas horas antes do protesto, não havia grande movimentação no museu paulista
Imagens do MASP duas horas antes do protesto, não havia grande movimentação no museu paulista
Foto: Facebook Fora Dilma / Reprodução

O protesto a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff não chegou a 100 manifestantes em São Paulo.

De acordo com dados da Polícia Militar, apenas 70 pessoas participaram do ato no vão livre do MASP, região da Avenida Paulista. 

A chuva que cai na Zona Sul de SP nesta tarde de sábado (28), pode ter espantado os manifestantes da página “Fora Dilma”, que possui 46 mil seguidores no Facebook.

A militância defende o impeachment da presidente reeleita, como uma ação que seria uma forma de tirar do poder “um monstro chamado Partido dos Trabalhadores” e garantir que outros supostos escândalos envolvendo Dilma e o partido venham à tona.

No entanto, a PM paulista aponta que outro movimento conseguiu levar mais participantes às ruas de São Paulo.  O movimento “Aula Unificada Pública da Rede Emancipa” conseguiu atrair 250 pessoas para o MASP. Este movimento tende a unir estudantes de cursinhos pré-vestibulares oriundo de movimentos sociais.

As duas atividades estavam marcada para o mesmo horário, 14h.

Na página do Fora Dilma, apenas uma alusão duas horas antes do protesto é mostrada (foto acima). Além de uma postagem a favor dos movimentos dos caminhoneiros, que reclamam contra o aumento de combustíveis. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade