PUBLICIDADE

Região Sul registra frio intenso e temperatura chega a -8°C

5 jun 2011 09h32
| atualizado em 6/6/2011 às 09h54
Publicidade
Fabrício Escandiuzzi
Direto de Canela, RS

Com temperatura abaixo de zero, o Sul do Brasil acordou gelado neste domingo. Em Urupema, na serra de Santa Catarina, chegou a -7,9ºC, a menor do país. Em São Joaquim e em Urubici, a estação meteorológica do Centro de Recursos Ambientais de Santa Catarina (CIRAM) marcou -5,9ºC e -1ºC, respectivamente.

Além do RS, as temperaturas negativas também foram observadas em quase toda a região oeste de Santa Catarina
Além do RS, as temperaturas negativas também foram observadas em quase toda a região oeste de Santa Catarina
Foto: Fabricio Escandiuzzi / Especial para Terra

Em Florianópolis, capital do Estado, o frio intenso também deu as caras. Na madrugada mais fria do ano a temperatura caiu a 6ºC. A sensação térmica era de mais frio devido ao vento que atinge quase toda a costa.

As temperaturas negativas também foram observadas em quase toda a região oeste de Santa Catarina. A mais baixa foi registrada em Caçador: -3,4ºC.

Carros e telhados amanheceram cobertos de gelo em praticamente toda a região serrana de Santa Catarina. A geada ainda mudou o cenários em campos e áreas rurais. No Rio Grande do Sul, os termômetros também despencaram e a geada cobriu de branco os campos da Serra neste domingo.

Na região gaúcha de Gramado e Canela, turistas acordaram cedo para fotografar a geada que cobriu boa parte do canteiro na estrada de acesso entre os dois municípios. Nas rodovias da região, o gelo tomou conta de pastos e morros e mostrou que o frio chegou com força. No sábado, a temperatura não passou dos cinco graus na região de Canela no período da tarde.

No início da manhã deste domingo, os termômetros de rua marcavam apenas 1 grau. Os visitantes que ainda aproveitam o final de semana na região aproveitaram para garantir fotografias com a paisagem típica do inverno.

Um grupo de empresários de Campinas (SP), que veio de motocicleta durante a semana para a serra gaúcha, acordou ainda no começo da madrugada para fotografar a região. O grupo retorna ao interior paulista apenas na terça-feira. "É muito frio, mas o cenário compensa todo esse sofrimento", disse Luiz Antônio do Prado, 62 anos. "Depois tomamos vinho e comemos uma sequência de fondue para esquentar e fica tudo certo".

Milhares de turistas lotaram hotéis e pousadas de Gramado neste final de semana. A chegada do frio movimentou a região, lotou restaurantes e cafés. Quem subiu a serra e acompanhou a chegada do frio em 2011 garante não ter se arrependido. "Vale sim. Dá para fazer umas compras, descansar e namorar um pouco", afirmou Sandra Tassi, 37 anos.

De acordo com s informações do CIRAM, o frio intenso deve continuar pelo sul do país nos próximos dias. Até a terça-feira estão previstas temperaturas negativas e geadas nos municípios de regiões mais elevadas.

O Estado de São Paulo teve recorde de frio na madrugada deste domingo. O amanhecer foi de frio intenso em diversas partes. Segundo dados do Instituto nacional de Meteorologia, a cidade de Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira, teve a menor temperatura do ano até agora: 0,4ºC e geada fraca.

Especial para Terra

Colaboraram com esta notícia os internautas Evandro de Assis Vieira, de Lages (SC), e Eliana Eibel, de Nova Petrópolis (RS), que participaram do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
Publicidade