0

Pressões teriam alterado relatório da FAB sobre caças

7 jan 2010
05h53
atualizado às 05h55

O relatório técnico da Força Aérea Brasileira (FAB) sobre os caças oferecidos ao País (que em um primeiro momento apontou o modelo Gripen NG, da sueca Saab, como melhor opção de compra para o Brasil) que será entregue ao ministro da Defesa, Nelson Jobim, não deve "hierarquizar" qual o melhor modelo de aeronave. A mudança teria ocorrido em virtude de pressões exercidas pelo governo do País, segundo afirma o jornal Estado de S. Paulo desta quinta-feira.

O relatório teria indicado o modelo sueco como a melhor opção em virtude do preço, apesar do presidente Luiz Inácio Lula da Silva já ter anunciado a preferência pelo Rafale da França, último colocado na avaliação. O terceiro concorrente é o F-18 Super Hornet, da americana Boeing, segundo colocado no relatório preliminar.

Fonte: Redação Terra
publicidade