0

Presidente uruguaio virá para posse e se reunirá com Dilma

30 dez 2010
15h05
atualizado às 15h19

O presidente uruguaio, José Mujica, viajará ao Brasil para a cerimônia de posse de Dilma Rousseff (PT), no dia 1º de Janeiro, em Brasília. Ele estará acompanhado de representantes dos partidos políticos de seu país. Durante sua estadia se reunirá com a presidente após ela assumir o cargo, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.

Mujica, segundo presidente de esquerda na história do Uruguai, estará acompanhado de sua mulher, a senadora Lucía Topolansky, e dos ministros das Relações Exteriores, Luis Almagro; Indústria, Energia e Mineração, Roberto Kreimerman; e Trabalho, Eduardo Brenta.

O governante convidou os partidos políticos com representação parlamentar para fazer parte da delegação e todos aceitaram. A governante coalizão de esquerda Frente Ampla será representada por seu presidente, Jorge Brovetto, e o Partido Nacional, principal da oposição, pelo senador e ex-chanceler Sergio Abreu.

O Partido Colorado designou seu dirigente, Alberto Iglesias, e o Partido Independente terá como representante seu líder, Pablo Mieres. A cerimônia de posse será em 1º de janeiro e, no dia 2, Dilma receberá Mujica em uma audiência especial no Palácio do Planalto, às 10h de Brasília, informou a Presidência uruguaia.

A delegação uruguaia deve viajar para Brasília às 6h (horário local) do dia 1º.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade