0

TSE recebe recurso contra diplomação de Roseana Sarney

29 mar 2011
11h40
atualizado às 12h10

O Tribunal Superior Eleitoral informou nesta terça-feira que recebeu um recurso ontra a diplomação da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), e de seu vice, Washington Oliveira (PT). A ação, que pede novas eleições, foi movida pelo candidato a deputado estadual pelo PRTB no Maranhão José Maria da Silva Fontinele. Segundo ele, a governadora teria utilizado os meios de comunicação de forma irregular para se reeleger.

Roseana Sarney durante a campanha de 2010 para o governo do Maranhão
Roseana Sarney durante a campanha de 2010 para o governo do Maranhão
Foto: Eveline Cunha / Especial para Terra

Fontinele afirma a marca do Estado foi afixada locais como escolas e ambulâncias durante o período eleitoral. "Não se pode permitir que a máquina administrativa seja usada para reforçar ou alavancar campanha eleitoral de qualquer candidato, em verdadeiro atentado ao princípio republicano", argumenta Fontinele. "A situação de ilícita vantagem em relação aos demais concorrentes é, pois, evidente", sustenta o candidato na ação.

Além da propaganda, Fontinele diz que Roseana tomou posse em abril de 2009, sem se afastar para a reeleição, e "desta forma ela estaria inelegível". "O governador empossado por assunção, como foi o caso, teria o dever de desincompatibilizar seis meses antes do pleito para concorrer para o exercício subsequente", afirma Fontinele.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade