9 eventos ao vivo

Temer diz que franqueza não muda posição de Jobim no governo

27 jul 2011
12h00
Hermano Freitas
Direto de São Paulo

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), declarou na manhã desta terça-feira que a declaração do ministro da Defesa, Nelson Jobim, que revelou ter votado no tucano José Serra não abala sua posição no governo. Temer disse que a "franqueza" de Jobim não suplanta seu bom trabalho. "O ministro faz um trabalho excepcional, de modo que a franqueza dele não vai alterar sua posição no governo", disse Temer.

Jobim afirmou em entrevista que votou em Serra na disputa presidencial de 2010. Na avaliação dele, se o tucano tivesse derrotado Dilma Rousseff, o governo "seria a mesma coisa" no manejo das recentes crises políticas, como a do combate à corrupção no Ministério dos Transportes. Temer está em São Paulo nesta quarta-feira para a inauguração de uma ponte na Marginal Tietê.

Temer afirmou ainda que as mudanças no Ministério dos Transportes estão em "fase final", mas que o novo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos deve seguir com medidas na pasta. "A presidenta Dilma tomou algumas providências que deveria tomar, mas evidentemente que o ministro deve continuar os ajustamentos", declarou Temer.

Fonte: Terra
publicidade