1 evento ao vivo

Psol pede abertura de processo contra deputado que ensinou a comprar votos

7 ago 2013
20h02
atualizado às 20h06
  • separator
  • 0
  • comentários

O líder do Psol, deputado Ivan Valente (SP), protocolou nesta quarta-feira, na Mesa da Câmara, representação contra o deputado Aelton Freitas (PR-MG) pedindo a abertura de investigação na Corregedoria da Casa por quebra de decoro parlamentar. A representação, segundo Ivan Valente, foi feita com base em gravação em vídeo na qual o deputado ensina os correligionários a difamar adversários políticos e a comprar votos.

Ivan Valente (Psol-SP) afirmou que Aelton Freitas dá "aula de péssimo exemplo"
Ivan Valente (Psol-SP) afirmou que Aelton Freitas dá "aula de péssimo exemplo"
Foto: José Cruz / Agência Brasil

"É gravíssima a denúncia. Uma aula de péssimo exemplo que danifica a imagem da política brasileira, não somente da Câmara dos Deputados", disse Ivan Valente. Segundo ele, o deputado Aelton cometeu crime eleitoral e deve "ter uma punição exemplar desta Casa". Valente pede que a Câmara solicite cópia do vídeo, que foi exibido pela TV Globo no dia 21 de julho, no programa Fantástico.

Na representação, Ivan Valente diz que as denúncias são "gravíssimas e impõem à corregedoria a devida apuração com a adoção de medidas cabíveis, no curto prazo que o caso requer, a fim de coibir tais práticas, preservar a imagem da Câmara e punir possível quebra de decoro parlamentar".

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade