0

Protestos voltam a levar milhares às ruas em cidades brasileiras

17 jun 2013
18h40

Milhares de pessoas voltaram às ruas nesta segunda-feira para mais um dia de protestos em várias das maiores cidades brasileiras para protestar contra o aumento da tarifa do transporte e exigir melhores serviços públicos, entre outras reivindicações.

Em São Paulo, no fim da tarde, cerca de 30 mil pessoas, de acordo com estimativa da Polícia Militar, participavam do quinto grande ato na cidade.

Divididos em três frentes em um certo momento, os manifestantes chegaram a fechar trechos de importantes vias, como a Marginal Pinheiros e avenida Faria Lima. Nenhum incidente grave tinha sido registrado até então.

No Rio de Janeiro, uma multidão enche a avenida Rio Branco, uma das principais do Centro. Pacífica, a manifestação também não teve distúrbios até às 18h30.

Em Belo Horizonte, uma grande massa de manifestantes bloqueou algumas vias do centro da cidade e se dirigiu ao Mineirão, onde acontecia a partida pela Copa das Confederações entre Nigéria e Taiti. Muitos participantes protestavam também contra os gastos públicos para a organização do torneio.

O ato, pacífico, foi seguido à distância pela polícia. Ao mesmo tempo, algumas centenas de professores fizeram uma passeata para pedir mais investimentos em educação, ao invés de em futebol.

As manifestações começaram há uma semana incitadas pelo Movimento Passe Livre, que através das redes sociais recebeu apoio de outras organizações e de cidadãos que moram dentro e fora do país.

EFE   
publicidade