0

Presidente colombiano confirma presença na posse de Dilma

28 dez 2010
21h34
atualizado às 22h13

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, comunicou nesta terça-feira que assistirá à posse de Dilma Rousseff, no próximo dia 1º de janeiro, em Brasília. "O presidente viajará na próxima sexta-feira para a posse da nova presidente do Brasil, e regressará na noite de sábado à Colômbia", informou o porta-voz John Ocampo.

Presidente colombiano confirmou presença na posse de Dilma
Presidente colombiano confirmou presença na posse de Dilma
Foto: EFE

Santos telefonou para Dilma Rousseff logo após sua eleição, em novembro passado, quando a presidente eleita garantiu que a Colômbia teria "uma aliada para seguir avançando no fortalecimento das relações bilaterais".

O Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, havia contabilizado até segunda-feira 47 confirmações de autoridades estrangeiras na posse. Os presidentes do Uruguai, da Costa Rica, de El Salvador, da Guatemala, da Venezuela, da Bolívia e do Paraguai, entre outros, além da secretária de Estado americana, Hillary Clinton, o príncipe das Astúrias, Felipe da Espanha, e o primeiro-ministro da Coreia do Sul, Chung Un-chan, confirmaram que virão para a solenidade em Brasília. A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, informou na segunda-feira que não participará do evento. Ela será representada pelo chanceler Héctor Timerman.

Os últimos detalhes para as três cerimônias - no Congresso Nacional, no Palácio do Planalto e no Itamaraty - estão em fase final. As solenidades começam às 14h30 do próximo sábado, com um desfile em carro aberto ou fechado - que será a opção em caso de chuva. A presidente eleita e seu vice, Michel Temer, desfilarão pelas ruas de Brasília. Dilma passará pelo Congresso, o Palácio do Planalto e, por último, recepcionará os convidados brasileiros e estrangeiros no Itamaraty. A previsão inicial é que as festas acabem por volta das 21h.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade