3 eventos ao vivo

Maurício de Sousa defende veto de Dilma ao novo Código Florestal

22 mai 2012
15h53
atualizado às 18h12
  • separator

O cartunista Maurício de Sousa aderiu à campanha "Veta tudo, Dilma", que pede o veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto do novo Código Florestal. Em sua página no Twitter, Sousa divulgou duas ilustrações em que o personagem Chico Bento se manifesta contrário à proposta.

Ilustração divulgada no Twitter mostra o personagem Chico Bento pedindo o veto ao novo Código Florestal
Ilustração divulgada no Twitter mostra o personagem Chico Bento pedindo o veto ao novo Código Florestal
Foto: Twitter / Reprodução

Pela rede social, o cartunista também faz diversas críticas ao texto e pede o engajamento na campanha pelo veto presidencial. Em uma das imagens postadas, o personagem Chico Bento aparece dizendo "Veta tudim, dona Dirma". No segundo quadrinho, outros personagens aparecem junto ao caipira. No texto, o personagem fala sobre os impactos que o novo Código Florestal trará ao meio ambiente brasileiro.

"Licença, dona Dirma! A gente num intendi muito das coisas da lei mais intendi das nossa necessidade! I nóis percisa das mata, dos rio, dos peixe... I tá todo mundo achando qui isso vai sê mexido pra pior! A sinhora podi ajudá pra isso num acontecê? Nossa gente vai agardecê por toda vida! Eu juro!", diz o texto da ilustração.

A presidente tem até o dia 25 de maio para anunciar se sanciona ou veta, parcial ou integralmente, o novo Código Florestal. O texto produzido no Senado, que foi alterado na Câmara, foi considerado mais equilibrado pelo governo, mas a bancada ruralista na Câmara alterou o projeto e voltou a incluir pontos controversos, como a possibilidade de anistia a quem desmatou ilegalmente e a redução dos parâmetros de proteção de Áreas de Preservação Permanente (APPs).

Veja também:

Senadora Simone Tebet (MDB-MS) defende representatividade mínima de 30% de mulheres na direção dos partidos
Fonte: Terra
publicidade