3 eventos ao vivo

Marina Silva registra em cartório seu novo partido, Rede Sustentabilidade

A partir do registro, o movimento liderado pela ex-ministra do Meio Ambiente oficializa a intenção de criar um partido político

27 fev 2013
14h51
atualizado às 14h53
  • separator
  • comentários

A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva registrou na manhã desta quarta-feira o estatuto e o programa partidário da Rede Sustentabilidade em um cartório de Brasília. Com o registro, o movimento liderado por Marina, ex-PT e ex-PV, oficializa a intenção de criar um partido político.

De acordo com a Rede, a obtenção do registro de pessoa jurídica é a primeira etapa para o futuro registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como partido político. Para tanto, o movimento necessita de 500 mil assinaturas, número exigido pela legislação eleitoral.

Futura candidata à Presidência da República, Marina Silva corre contra o tempo para coletar as assinaturas dentro do prazo legal, para que possa disputar as eleições de 2014. No estatuto registrado em cartório, a Rede se declara "uma associação de cidadãos e cidadãs dispostos a contribuir voluntária e de forma colaborativa para superar o monopólio partidário da representação política institucional, intensificar e melhorar a qualidade da democracia no Brasil e atuar politicamente para prover todos os meios necessários à efetiva participação dos brasileiros e brasileiras nos processos decisórios que levem ao desenvolvimento justo e sustentável da Nação, em todas as suas dimensões".

Além de Marina, estiveram presentes os 16 membros da Executiva Nacional Provisória, incluindo os deputados federais Alfredo Sirkis (PV-RJ), Walter Feldman (PSDB-SP) e Domingos Dutra (PT-MA).

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade