0

Lula: vou continuar com agenda de viagens este ano

30 jan 2010
11h08
atualizado às 15h46
  • separator
  • comentários
Peter Fussy
Direto de São Paulo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou neste sábado, após fazer exames de check-up, em São Paulo, que vai continuar sua agenda de viagens este ano, o último de seu segundo mandato. "Eu sempre digo que quem engorda o porco é o olho do dono. Se o presidente não ficar em cima cobrando, as coisas não funcionam", afirmou Lula, com a voz em tom baixo, mas de bom humor.

Trajando o uniforme olímpico brasileiro, Lula disse que embora seja o último ano de mandato, não pode "deixar a peteca cair". O presidente afirmou ainda que, até agora, seus exames demonstram que está com a saúde perfeita e creditou a crise de hipertensão que teve na última quarta-feira à agenda de compromissos e falta de descanso. "De repente, a gente percebe que o dia só tem 24h e a agenda tem uma utilização de horários de mais de 24h".

Ele disse que ficou preocupado com o ocorrido e com a realização de exames e comparou o organismo com um automóvel. "Toda vez que venho fazer check-up, fico preocupado. Pega você (sic) e leva seu carro na concessionária achando que ele está com problema na porta direita. Aí deixa lá e você vai ver que o problema é em todo lugar", afirmou. Lula afirmou, porém, que deve melhorar a sua dieta e a sua qualidade de vida.

O cardiologista Roberto Kalil disse que o presidente está liberado para retomar as atividades normalmente e não precisará fazer uso de nenhuma medicação. Ele recomendou apenas que Lula retome as atividades físicas que ele não pode fazer nas últimas semanas e que durma mais. "O presidente é uma pessoa saudável, e teve esse quadro de hipertensão mais por estafa e estresse", afirmou o médico, que não diagnosticou hipertensão crônica em Lula, mas apenas um pico em um momento de cansaço excessivo.

Lula chegou de helicóptero ao Instituto do Coração (InCor) por volta das 8h e passou por ecocardiograma, tomografia das artérias cardíacas, ultrasson do abdome e próstata, teste pulmonar e exames de sangue e urina. De acordo com Kalil, os resultados foram todos dentro da normalidade. A primeira-dama, Marisa Letícia, também faz exames de rotina, que ficaram dentro do esperado. Após os exames, que duraram cerca de duas horas e meia, o casal foi de helicóptero para o aeroporto de Congonhas, de onde seguiram de volta para Brasília.

Entenda o caso
O presidente passou mal durante um jantar noite de quarta e recebeu o diagnóstico dentro do avião da Força Aérea Brasileira (FAB) quando se preparava para embarcar rumo a Zurique, na Suíça. Lula descansou toda a madrugada de quinta-feira no Hospital Português, no Recife, após receber tratamento para estabilizar a pressão, que estava em 18 por 12 quando os médicos diagnosticaram a crise.

De acordo com o Palácio do Planalto, Lula passou a quarta-feira indisposto e cansado na capital pernambucana. No hospital, o presidente se submeteu a exames de eletrocardiograma, raio X do tórax, tomografia do tórax, ecocardiograma e exames de sangue. O presidente partiu de avião para São Paulo e seguiu de carro para São Bernardo do Campo.

Redação Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade