PUBLICIDADE

Lula faz reunião ministerial e pede colaboração para transição

4 nov 2010 09h43
| atualizado às 14h12
Publicidade
Tatiana Damasceno
Direto de Brasília

Com o objetivo de discutir o fim do seu mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocou uma reunião ministerial na manhã desta quinta-feira (4) no Palácio do Planalto. O presidente pretende cobrar empenho para conclusão das obras em andamento. O encontro se iniciou por volta de 9h50, com aplausos para Lula pela vitória de Dilma Rousseff. O presidente pediu a colaboração de seus subordinados para o processo de transição.

"Nós precisamos facilitar a todo processo de informação que o novo governo vai precisar do atual governo. Vai ser constituída a comissão de transição e embora a gente tenha a Casa Civil como coordenadora desse processo que está previsto no decreto, o dado concreto é que pode ser que a comissão de transição queira conversar com ministros individualmente, da área econômica, do planejamento, e é importante que a gente esteja disponível para atender e criar todas as facilidades possíveis para a transição ser a mais tranqüila e transparente possível", disse Lula para os ministros.

Outro assunto que está sendo discutido na reunião é a decisão do FED, o Banco Central do EUA, de comprar mais US$ 600 bilhões em títulos públicos até a metade do próximo ano. A medida é uma tentativa do governo americano de impulsionar a recuperação econômica do país.

Guido Mantega afirmou para os presentes que a economia brasileira deve crescer "entre 7,5% e 8%", segundo relatou um auxiliar de Lula. Ainda segundo Mantega, essa taxa é a melhor dos dois mandatos do presidente e a melhor em 25 anos.

Estão na reunião os representantes de 36 ministérios. O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, não participa do encontro por conta de uma viagem ao exterior. Com informações da Agência Brasil

Lula convocou uma reunião ministerial na manhã desta quinta-feira (4) no Palácio do Planalto e pediu a colaboração para o processo de transição
Lula convocou uma reunião ministerial na manhã desta quinta-feira (4) no Palácio do Planalto e pediu a colaboração para o processo de transição
Foto: AFP
Fonte: Redação Terra
Publicidade