12 eventos ao vivo

Lula diz que "amigo" Fidel está física e mentalmente bem

24 fev 2010
17h05
atualizado às 20h46
Laryssa Borges
Direto de Havana

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou por um longo período nesta quarta-feira com o líder Fidel Castro, afastado do poder em Cuba desde julho de 2006. Em sua casa, na capital Havana, Fidel recebeu Lula e o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Franklin Martins, além de seu irmão e atual presidente Raúl Castro. No encontro, o presidente disse que o amigo Fidel está "fisicamente bem, a cabeça boa, pensando bem a questão da política."

Em uma conversa de cerca de duas horas e meia, o cubano apresentou um bom estado de saúde, bem diferente do apresentado em outubro de 2008, quando o comandante cubano estava em uma casa de repouso com condição frágil de saúde.

"(A conversa com Fidel) foi importante. Eu fiquei feliz porque o presidente Fidel Castro está melhor do que da última vez que eu o visitei. Obviamente que as questões políticas que eu tinha que conversar são com o presidente Raúl (Castro, irmão e sucessor de Fidel), não é com o Fidel, porque a minha reunião com ele foi mais uma reunião de velhos amigos, de velhos companheiros", disse Lula.

Conforme afirmou o presidente, entre os temas discutidos com Fidel estão "coisas do Brasil" e processos de cultura de cana-de-açúcar, soja, leite e projetos voltados à eletricidade.

Para a Presidência da República, o encontro entre Lula e Fidel reflete "uma reunião de amigos" e "uma visita de conclusão desse ciclo de visitas" que Lula já realizou à ilha caribenha. Desde 2003, já foram quatro viagens oficiais do presidente brasileiro a Cuba.

Fidel Castro e Lula conversam durante a visita do presidente brasileiro à capital cubana
Fidel Castro e Lula conversam durante a visita do presidente brasileiro à capital cubana
Foto: Ricardo Stuckert/PR / Divulgação
Fonte: Redação Terra
publicidade