PUBLICIDADE

PT chama Lula de “preso político” e diz: "precisamos reagir"

4 mar 2016 09h19
| atualizado às 09h21
ver comentários
Publicidade
Lula e Marisa são alvo de operação Lava Jato
Lula e Marisa são alvo de operação Lava Jato
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Fotos Públicas / O Financista

O perfil do PT no Twitter (@ptbrasil) reagiu ao mandado de condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançando a hashtag #LulaPresoPolítico na rede social.

“Não podemos deixar barato. Precisamos todos reagir”, publicou o partido de Lula na manhã desta sexta-feira (4).

 

A Polícia Federal levou Lula para prestar depoimento nesta manhã cumprindo um mandato de condução coercitiva. 

Na 24ª fase da operação Lava Jato – batizada de Aletheia, em referência a uma expressão grega que significa “busca da verdade” – cerca de 200 policiais federais e 30 auditores da Receita Federal cumprem 44 mandados judiciais, sendo 33 mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva, nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia.

São investigados os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros praticados por diversas pessoas no contexto de esquema criminoso relacionado à Petrobras.

A ação é realizada um dia após a revista IstoÉ ter revelado o teor de uma suposta delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS). O parlamentar teria revelado que Lula mandou comprar o silêncio de Nestor Cerveró e de outras testemunhas.

O Financista Todos os direitos reservados
Publicidade
Publicidade