0

Jornal: Stepan Nercessian admite ter recebido R$ 175 mil de Cachoeira

31 mar 2012
08h00
atualizado às 08h02

O deputado federal e ator Stepan Nercessian (PPS-RJ) recebeu R$ 175 mil no ano passado do empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, acusado de chefiar uma quadrilha que explorava o jogo ilegal. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Stepan admitiu que recebeu o dinheiro, após ser informado que as transações aparecem em grampos da Operação Monte Carlo da Polícia Federal, que levou à prisão de Cachoeira. O ator revelou que recebeu do empresário um depósito no valor de R$ 160 mil em 17 de junho de 2001. De acordo com Stepan, o dinheiro era para ser usado na compra de um apartamento no Rio de Janeiro, avaliado em mais de R$ 500 mil.

No dia 20 de junho, o deputado devolveu o dinheiro para a mesma conta de uma empresa de Cachoeira. "Estava fazendo o empréstimo (com o banco) e, na hora 'H', fiquei com medo de não sair o dinheiro e pedi para ele (Cachoeira), para não perder o negócio. Ele é um cara que eu sei que se eu pedisse ele emprestava. Acabou que o empréstimo saiu e não precisei do dinheiro". Stepan, que disse ser amigo de Cachoeira há muitos anos, disse ainda que recebeu outros R$ 15 mil do empresário. Segundo ele, o dinheiro foi usado para comprar ingressos do Carnaval carioca para Cachoeira. O deputado afirmou acreditar "completamente" que o dinheiro fosse legal. Stepan admite se licenciar do cargo caso seja necessário.

Fonte: Terra
publicidade