0

Governo do PE negocia criação de centro de ciências gastronômicas na Espanha

22 nov 2013
11h44
  • separator

O governo de Pernambuco negocia com o Basque Culinary Center (BCC) a implantação de um centro de formação e pesquisa em ciências gastronômicas igual ao criado em Gipuzkoa, no norte da Espanha.

O secretário-executivo de Políticas de Desenvolvimento do estado de Pernambuco, Felipe Chaves, realiza nesta sexta-feira uma visita à região do País Basco, onde manteve nesta manhã um encontro com empresários no Parque Tecnológico de Bizkaia, em Zamudio.

Chaves explicou à Agência EFE que Pernambuco, que teve um crescimento de 2,3% em 2012 - acima da média nacional -, está se desenvolvendo em setores que têm uma grande implantação no País Basco, como automoção, metal-mecânica, petroquímico, energias renováveis e, inclusive, no setor naval.

"Algumas empresas bascas já se implantaram e outras farão o mesmo em breve", comentou Fábia Silva, responsável por uma empresa de mediação para a realização de negócios em Pernambuco e no nordeste.

Além disso, a delegação brasileira também mostrou interesse pela transferência de tecnologia e pelos modelos de formação, assim como em conhecer os parques tecnológicos.

Os membros do governo de Pernambuco, que estão realizando uma viagem por vários países europeus, devem se reunir hoje com o Basque Culinary Center, que, segundo Fábia Silva, a organizadora desta viagem à Espanha, já realizou uma implantação no estado.

Veja também:

Ministro da Saúde alerta para aumento de casos da covid-19 no interior do Brasil
EFE   
publicidade