0

Governo dá R$ 300 milhões a parlamentares para aprovar Orçamento

31 dez 2011
09h53

O governo ofereceu R$ 300 milhões a 82 deputados e senadores que formam a Comissão Mista de Orçamento (CMO) para que aprovassem o Orçamento de 2012. A aprovação ocorreu às 23h50 do dia 23 de dezembro, e cada um dos titulares e suplentes da comissão custou ao governo o compromisso de liberação imediata de R$ 3 milhões em emendas parlamentares. Na primeira quinzena de dezembro, a presidente Dilma Rousseff já havia liberado R$ 1,596 bilhão para que fosse votada a Desvinculação de Receita da União (DRU), que garante ao governo a chance de monitorar 20% das verbas públicas. As informações são do jornal O Estado de SP.

Porém o valor para cada parlamentar na operação que parou os reajustes salariais dos servidores públicos e do aumento real das aposentadorias acima do salário mínimo aumento, em razão de cobrança da oposição. O DEM exigiu que a cota de R$ 3 milhões fosse estendida para todos os deputados do partido, e não apenas para os membros da comissão. Segundo O Estado de SP, o Planalto ainda não contabilizou o custo da aprovação do Orçamento de 2012, mas as cifras envolvidas em acordos e promessas seriam elevadas.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade