4 eventos ao vivo

Ensaio para o dia da posse tem 'dublê' de Dilma Rousseff

19 dez 2010
17h34
Claudia Andrade
Direto de Brasília

O primeiro ensaio geral para o dia da posse da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) mobilizou neste domingo policiais e servidores do Executivo envolvidos no evento que será realizado no próximo dia 1º de janeiro, em Brasília. Teve até funcionária do Senado Federal fazendo o papel da futura presidente no 'treinamento' na rampa do Congresso Nacional.

A servidora do Senado, Juliana Rebelo, figurou como Dilma Rousseff no ensaio da posse neste domingo
A servidora do Senado, Juliana Rebelo, figurou como Dilma Rousseff no ensaio da posse neste domingo
Foto: Claudia Andrade / Redação Terra

"Foi inesperado. Eu fiquei surpresa porque foi decidido em cima da hora. Estava programado só para o dia 26", disse Juliana Rebelo, coordenadora executiva da posse no Senado.

Aos questionamentos sobre como foi sentir-se presidente por um dia, a servidora respondeu com gargalhadas e dizendo que foi uma boa sensação. Até mesmo sobre o figurino que vai usar no dia 1º de janeiro houve perguntas: "Vou trabalhar no dia da posse. Só sei que não vou estar com a bolsa pendurada no braço".

Mesmo escolhida para a função de 'dublê' da futura presidente, a servidora disse que não se acha parecida com Dilma. No ensaio, a funcionária recebeu informações sobre o ritual do dia da posse e simulou uma revista às tropas do Exército.

Quem passou as instruções foi o coronel Elias Martins Filho, comandante do batalhão da Guarda Presidencial. "Esse é um dos muitos treinamentos que teremos pela frente, para que nenhum fato nos surpreenda no dia 1º".

Segundo o coronel, o efetivo mobilizado para o dia da posse deve ultrapassar 10 mil policiais, para garantir a segurança do público e das autoridades.

No dia da posse, a presidente deverá deixar a Granja do Torto, sua residência nesse período de transição, por volta das 13h45. Dilma seguirá para a Catedral de Brasília, ponto de partida do desfile pela Esplanada dos Ministérios, que deve ocorrer em carro aberto - se não chover -, começando às 14h.

Em seguida, a presidente vai ao Congresso Nacional, onde fará seu primeiro discurso. Já empossada, Dilma subirá a rampa do Palácio do Planalto, para receber a faixa presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva, o que deverá ocorrer por volta das 16h30.

O segundo discurso, no parlatório que fica na área externa do Planalto, antecederá a ida da presidente ao Palácio Itamaraty, onde Dilma oferecerá um coquetel pouco antes das 19h para autoridades estrangeiras.

Outro ensaio geral está marcado para o próximo domingo, dia 26, possivelmente com a utilização do Rolls-Royce que deverá ser usado pela presidente para o desfile em carro aberto.

Fonte: Redação Terra
publicidade