0

Em sua 2ª viagem ao exterior, Dilma vai a Portugal com Lula

28 mar 2011
08h59

A presidente Dilma Rousseff deve viajar na noite desta segunda-feira para Portugal, onde fica até quarta. Ela vai acompanhar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que será homenageado por três instituições portuguesas. Eles desembarcam em Lisboa no momento em que os portugueses buscam o fim do impasse em torno de uma crise política e econômica no país.

Dilma recebeu faixa presidencial de Lula (ao lado da mulher, Marisa Letícia), em janeiro
Dilma recebeu faixa presidencial de Lula (ao lado da mulher, Marisa Letícia), em janeiro
Foto: Reuters

Dilma tem reuniões com o presidente português, Aníbal Cavaco Silva, e o primeiro-ministro demissionário, José Sócrates. Ele renunciou ao cargo no último dia 23. Sócrates reagiu à decisão do Parlamento português de rejeitar uma série de medidas de austeridade. A iniciativa contrariou o primeiro-ministro, que apresentou a renúncia ao cargo. No entanto, até a escolha de um sucessor, o presidente de Portugal avisou que ele será mantido com plenos poderes.

Paralelamente às questões políticas, Dilma vai reservar algumas horas para ficar ao lado de Lula. Em Coimbra, no dia 30, o ex-presidente receberá o título de doutor honoris causa pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra - uma das mais antigas do mundo, criada no século XIII.

O ex-presidente deve ser homenageado ainda pela Confraria do Vinho do Porto, organização criada em 1982. O prêmio, segundo a entidade, é concedido aos que atuam em favor da difusão, promoção e consolidação da bebida. Em Lisboa, Lula receberá prêmio do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, instituição acadêmica que homenageia os defensores dos direitos humanos e que trabalha pela cooperação entre os povos.

A viagem de Dilma a Portugal será sua segunda ao exterior após a posse. No fim de janeiro, ela esteve na Argentina. De 11 a 15 de abril, a presidente irá à China para uma série de atividades e discussões comerciais e econômicas.

Agência Brasil Agência Brasil
publicidade